PLANTÃO

Empresa é criticada por transfobia em "Cyberpunk 2077"

Pouco depois da confirmação que será permitido criar personagens transgêneros em Cyberpunk 2077, a CD Projekt RED acabou sendo criticada nas redes sociais por uma suposta transfobia. Em uma das artes do game, temos uma mulher transgênero sendo supostamente utilizada como fonte de piada. Na foto, que destaca a propaganda de uma bebida chamada ChroManticore, temos o slogan 'Mix it Up!' ('Misture as Coisas!', em tradução livre) com a mulher vestindo um maiô e o contorno de um pênis.

Em contato exclusivo com Polygon, a diretora de arte do jogo, Kasia Redesiuk, garantiu que essa imagem não tem nenhuma intenção de refletir uma mensagem transfóbica.

Pessoalmente, para mim, essa pessoa é sexy. Gosto do visual dela. Porém, essa modelo é usada – seu corpo maravilhoso é usado – por razões corporativas. Eles são mostrados como se fossem coisas, e isso é o ponto mais terrível disso. Estamos falando de um futuro distópico onde megacorporações ditam tudo. Elas tentam, e conseguem, influenciar a vida das pessoas. Elas enfiam seus produtos goela abaixo. Elas criam propagandas agressivas que usam, e abusam, de muitas das necessidades e instintos das pessoas. Por isso, hiperssexualização está aparente em todos os lugares, e nos nossos comerciais há muitos exemplos de mulheres hiperssexualizadas, homens hiperssexualizados, e pessoas entre estes gêneros hiperssexualizadas. Isso tudo é para mostrar como essa hiperssexualização em propagandas é simplesmente terrível. Foi uma escolha consciente de nossa parte mostrar isso neste mundo – um mundo onde você é um cyberpunk, uma pessoa lutando contra corporações. É contra esse tipo de propaganda que você está lutando no game.

Confira a imagem:


Cyberpunk 2077 é um futuro jogo de RPG de mundo aberto para PlayStation 4, Xbox One e PC baseada no RPG de mesa Cyberpunk 2020. O jogo será lançado em abril de 2020.


Nenhum comentário