Olivia Munn detona Simon Kinberg e Bryan Singer


Durante uma entrevista com a revista GQ, a atriz Olivia Munn falou sobre sua experiência vivendo a mutante Psylocke em X-Men: Apocalypse (2016). Ao responder uma pergunta se achava assustador o fato dos fãs terem ficado com raiva com algumas adaptações de quadrinhos, a atriz respondeu:

Não, porque também me sinto assim. Eu acho que as pessoas não ficariam com raiva se o filme fosse bom.

Ela então falou particularmente sobre sua experiência com X-Men, revelando que ficou frustrada ao constatar que tanto o diretor (Bryan Singer) quanto o roteirista (Simon Kinberg) não eram fãs de quadrinhos e sequer conheciam os personagens.

Quando estava fazendo X-Men, fiquei realmente surpresa que o diretor e o escritor não sabiam que Psylocke tinha um irmão gêmeo. E eu tive que falar com eles sobre muitas coisas diferentes a respeito de Psylocke e de outras partes dos X-Men que eles não conheciam. Como fã, isso foi muito frustrante.

O último filme dos X-Men, Fênix Negra (lançado no começo de junho) foi um fracasso de público e crítica. Curiosamente, ele teve tanto roteiro quanto direção de Simon Kinberg.




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem