PLANTÃO

Produtor que trazer novos fãs pra franquia "Star Trek"


Apesar de termos uma trilogia recente de filmes (2009, 2013 e 2016), a franquia Star Trek ficou por 12 anos sem ter uma série exibida na TV, já que a última havia sido Star Trek: Enterprise, que terminou em 2005.

No entanto, em 2017, a CBS lançou Star Trek: Discovery, trazendo de volta o prestígio da franquia e abraçando uma nova geração de fãs. Em entrevista ao Deadline, o produtor Alex Kurtzman explicou o planejamento do canal para trazer um novo público para a saga.

Eu fui para a CBS e disse: ‘Acho que você tem um universo aqui que é muito subutilizado e uma base de fãs que está com fome por muito mais. E eu segui com o plano do que eu vi nos próximos cinco a dez anos. Parte disso foi, de certa forma, baseada na ideia de que isso levaria tempo. O que eu disse foi: ‘Não espere que nós façamos a primeira coisa e, de repente, você tem 100 milhões de novos fãs. Isso não vai acontecer.’ Star Trek já existe há tempo demais para que isso aconteça. Mas estamos trabalhando novas gerações, e o que posso dizer é que a franquia, em geral, consegue atingir pessoas entre nove a doze anos.

Até o momento, Star Trek: Discovery já foi renovada para sua terceira temporada e deve retornar no segundo semestre desse ano no CBS All Acess e na Netflix.

Vale ressaltar que novas séries, como Star Trek: Picard, também está sendo desenvolvida pelo CBS All Acess, e traz novamente Patrick Stewart como o Capitão Jean-Luc Picard. Assim como uma sobre a equipe da Seção 31, uma organização secreta apresentada em Star Trek: Discovery, também está em produção avançada.




Nenhum comentário