PLANTÃO

"Avatar 2" não usará a mesma tecnologia de "Projeto Gemini"


James Cameron confirmou que Avatar 2 e as outras sequências da franquia não vão utilizar a tecnologia de Alta Taxa de Quadros. Pra quem não sabe, a Alta Taxa de Quadros é um formato de filme com velocidade mais rápida do que o padrão, que é de 24 quadros por segundo.

A tecnologia, que foi utilizada no primeiro O Hobbit (dirigido por James Cameron) e em Projeto Gemini (dirigido por Ang Lee), não vai mesmo ser utilizada nas sequências de Avatar. James Cameron falou sobre a tecnologia de Avatar 2 em uma discussão de O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio com a imprensa.

"Eu vi algumas cenas de Projeto Gemini. Eu tenho minha filosofia pessoal sobre Alta Taxa de Quadros, que é o fato dela ser uma solução específica para problemas com o 3D. Eu não acho que é um formato. Eu sei que Ang [Lee] pensa diferente de mim. Eu vou usar a tecnologia em alguns momentos dos filmes de Avatar, mas eles não serão gravados totalmente em Alta Taxa de Quadros”, revelou o diretor.

Avatar 2 chegará aos cinemas em dezembro de 2020.


Nenhum comentário