PLANTÃO

Ator acusa Jeph Loeb de diminuir presença de asiáticos nas séries da Marvel


O ator Peter Shinkoda, que interpretou Nobu na série Demolidor, acusou Jeph Loeb, chefe da Marvel Television, de diminuir a presença de asiáticos nas séries da Marvel.

Jeph Loeb disse à sala de roteiristas para não escrever nada para Nobu e Gao, e isso foi reiterado muitas vezes por muitos escritores e showrunners, que ninguém se importa com o povo chinês e asiático. Havia uma trilogia chamada Blade, onde Wesley Snipes mata 200 asiáticos a cada filme e ninguém dá a mínima, então não escrevam para Nobu e Gao.

O ator disse ainda que alguns roteiristas chegaram a lhe pedir desculpas, mas explicaram que estavam de mãos atadas diante da decisão superior.

É importante colocar essas acusações em contexto. Em 2014, a Marvel ainda era dirigida por seu CEO recluso e controverso Ike Perlmutter, que costumava ser acusado de racismo e sexismo; sua oposição à diversidade foi recentemente comentada pelo CEO da Disney, Bob Iger, que teve que intervir pessoalmente em apoio ao filme Pantera Negra. Esse tipo de preconceito parece ter sido uma das principais fontes de disputa entre Perlmutter e Kevin Feige, e em 2015, Feige chegou ao ponto de quase desistir da indústria por completo. A Disney entrou em cena, forçando uma grande reestruturação corporativa, retirando a Marvel Studios do grupo mais amplo da Marvel Entertainment e colocando Feige no comando dos filmes.

Loeb, por sua vez, permaneceu o chefe da divisão de Televisão da Marvel, embora sua influência agora esteja diminuindo, já que Feige recebeu maior influência na Marvel Entertainment também.


Nenhum comentário