CRÍTICA | Um Lugar Silencioso - Parte 2 (2021, Paramount)

* Com a nova fase do cinema dando às caras durante a pandemia, nós do Visão Geek decidimos dar uma remodelada em nossas críticas. Ao invés de textões, vamos reunir o consenso crítico da nossa equipe. No final, vamos juntar as notas de nossos membros e postar a nossa nota final!




Consenso da equipe:

"'Um Lugar Silencioso 2' começa horas antes do mundo ser dominado pelas criaturas misteriosas com máxima audição. Ao mesmo tempo que traz mais suspense e drama para a família Addott, o longa contextualiza brevemente o que aconteceu no primeiro dia do caos da humanidade, ainda que não sabemos o que são essas criaturas e como elas chegaram na Terra. John Krasinski dirigi mais um grande filme de suspense a nível tão alto quanto o primeiro. Emily Blunt está espetacular, assim como Cillian Murphy, que aqui, recebe a missão de liderar a trama no lugar de Krasinski. Dando sequência ao primeiro filme, o equilibrio do roteiro entre a interação humana e a complexidade do drama está mais estabilizado e a fórmula funciona mais uma vez. Raramente sentimos falta de John Krasinski em tela, o que pode ser considerado um acerto da produção, já que o ator foi o protagonista do original. Claramente aqui, o talento da roteirização de Krasinski deve ser exaltado, uma vez que os quase 100 minutos de suspense, tenham sido altamente satisfatórios e ainda deixa um suspiro para uma próxima aventura da franquia."


NOTA: 9.5 / 10

Postar um comentário

0 Comentários